Pages

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Cheiro de amor




Que gracinha, você tem pequenas sardinhas espalhada pelo rosto. Desse ângulo, com luz do sol que entra pela janela entreaberta, elas parecem menos tímidas. Como se só agora, estivessem prontas para mim. Ou talvez ontem eu estivesse ocupada demais para reparar. Ocupada por estar me apaixonando perdidamente por você. Não é como se eu não fosse antes, mas é que só agora eu fui notar que é diferente.  Não foi algo especifico que você me falou, nem algo que você fez. Depois de tanto tempo eu comecei a entender que não existem regras para o amor. Ele nunca acontece 2 vezes da mesma maneira. Quando finalmente eu parei de te encaixar no meu passado, eu entendi e compreendi que você combina com o meu presente. Tempo que atualmente vivo ao seu lado.

Mas que droga, agora bateu aquela insegurança de estragar tudo. Uma insegurança que não sinto a muito tempo... Eu fico pensando, existem tantas garotas melhores por aí. Tão mais... digamos que, apropriadas. Porque você escolheria a minha janela pra passar tempos jogando papo fora no facebook ? Porque escolheria meu numero ? Você sabe que não é meu estilo ficar por ficar. Quando amo, enquanto eu amo, é de verdade.


São 9 da manha e você acabou de ir embora. Seu cheiro está no meu travesseiro. Ou seria no meu cabelo ? Eu tinha tanta coisa para te dizer. Mas esqueci. Esqueci porque olhei bem no fundo dos teus olhos. E reparei em como eles ficam bonitos como o reflexo do sol. Por distração, cheguei mais perto. Senti a fragrância do teu perfume importado. 

Que por sinal bem pela manha, misturado com suor de noite dormida, acaba tendo cheiro de amor. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Sejam Bem Vindos.
Todo comentário realizado aqui será lido por mim. Caso tenha necessidade, o comentário será moderado.

Muito Obrigada por ter lido o meu post.!

Volte Sempre!

Images by Freepik